Acusados de sequestro em Monte Castelo são presos pela polícia

Acusados de sequestro em Monte Castelo são presos pela polícia

Fevereiro 15, 2021 0 Por ClicSulNews

O assalto na madrugada deste domingo, 14, em Monte Castelo, teve o seu desfecho final ainda na tarde de domingo. Um dos criminosos que roubaram um veículo e sequestraram dois jovens no bairro Rio das Antas, foi localizado pela equipe da Polícia Militar de Canoinhas, que prestava apoio às polícias Militar e Civil de Papanduva e Monte Castelo.
Ainda durante a madrugada de domingo, foram iniciadas diligências por policiais civis e militares de diversos municípios da região, bem como realizadas investigações para localizar as vítimas.
Segundo a polícia, os criminosos eram dois homens, que chegaram encapuzados na casa da família e teriam sequestrado os dois jovens. A informação que a Polícia Militar (PM) de Canoinhas havia recebido era de que as vítimas teriam sido abandonadas no período da manhã, às margens da rodovia BR-116, na localidade de Floresta, em Papanduva. Ambas as vítimas necessitaram de atendimento médico.
 
 
 
Logo em seguida, a PM recebeu uma nova informação de que um dos criminosos, que conduzia o Ford Ka roubado teria cometido outro assalto a um casal de idosos, na localidade de Rio da Serra, e, em seguida, tomado sentido a localidade de Arigolândia, tal localidade também da acesso ao interior do município de Major Vieira.
 
 
De posse dessas informações, policiais militares do 3.º Batalhão de Polícia Militar de Canoinhas (BPM) se deslocaram em apoio pelo interior de Major Vieira em direção a Monte Castelo. Na localidade de Arigolândia, a equipe policial recebeu a denúncia do paradeiro do suspeito
Chegando no local indicado, os policiais avistaram o veículo roubado atrás de uma casa de madeira. Diante disso, os policiais entraram na residência e se depararam com o suspeito, que resistiu a abordagem, sendo necessário uso da força física para imobilizá-lo. O suspeito estava trajando as vestes indicadas por uma das vítimas. Ele tem 33 anos e diversas passagens criminais.
Questionado sobre os fatos, o criminoso confessou a autoria do roubo, como também a do estupro. Também relatou que o comparsa do roubo foi deixado na localidade de Floresta, município de Papanduva, onde ele reside, como também que este teria ficado com as armas utilizadas no crime.
 
 
Diante disso, foram repassadas essas informações a equipe policial de Monte Castelo, que foi até a residência do outro criminoso. Lá, os policiais abordaram o procurado, um rapaz de 21 anos, que confessou a participação no crime de roubo e indicou o local em que estariam as armas utilizadas na ação.
 
 
 
Foram encontradas uma espingarda de pressão, outra espingarda de pressão modificada para calibre 22 carregada com uma munição, uma garrucha calibre 32, bem como cinco munições de calibre 32, dentre elas, três estavam deflagradas. Foram encontradas também com o co-autor do primeiro assalto, uma bataclava e roupas utilizadas no crime.
 
 
Diante dos fatos, os criminosos foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Papanduva. Os dois foram presos em flagrante e posteriormente encaminhados ao Presídio Regional de Mafra.

Fonte e texto Jornal Jmais