Comerciantes são-mateuenses realizam manifestação pacifica contra o decreto do Governo Estadual

Comerciantes são-mateuenses realizam manifestação pacifica contra o decreto do Governo Estadual

Março 4, 2021 0 Por ClicSulNews

Na manhã desta quinta feira 04, os comerciantes de São Mateus do Sul se reuniram para uma manifestação pacifica e silenciosa reivindicando ao governo a reabertura do comercio.
  A manifestação teve inicio na praça da rodoviária, onde seguiu com destino a prefeitura municipal.  O movimento contou com a presença de  empresários  e funcionários os quais estão preocupados com seus estabelecimentos visto que por conta de um decreto do governo os mesmos estão fechados desde o dia 27 de fevereiro com data de abertura para o dia 8 de março. 


 
O Clic Sul News conversou com uma das empresarias responsável pela ação, a mesma relatou que a mensagem passada nesse manifesto é ao governo do estado,  e relatou que os lojistas estão sofrendo muito desde o primeiro lockdown,  que aconteceu no ano passado no inicio da pandemia, e isso atingiu não apenas os donos de comercio mas também os funcionários.
A empresaria Ingrid relatou também que todos entendem o momento em que estamos passando que sim à necessidade de tomarmos determinadas precauções, mas que a maneira com que o decreto foi feito esta sendo muito incoerente com a classe do comercio, (afirmou).
Também que eles seguem todos os protocolos de higiene  e segurança, que são permitidos poucas pessoas dentro dos seus estabelecimentos conforme normas, com uso de álcool em gel e distanciamento.
 A mesma também relatou que um dia de comercio salva a folha salarial do estabelecimento e hoje eles estão lutando para não precisar demitir funcionários. 
A manifestação aconteceu de forma espontânea sem vinculo com nenhuma entidade representativa.
 Em frente a prefeitura municipal o grupo se posicionou com distanciamento segurando faixas e juntos fizeram uma oração.


 
A Prefeita municipal Fernanda Sardanha se pronunciou em relação ao manifesto, a mesma se colocou a disposição para estar intermediando uma conversa entre o governador e os comerciantes respeitando todas as normas, a prefeita também salientou que na terça dia 2, participou de uma reunião on-line onde esteve presente alguns deputados também esteve presente o presidente da Ansulpar Regional de União da Vitoria e representantes do CDL e Associação Comercial, onde foi apresentado demanda que o comércio entende que o decreto fechou alguns estabelecimentos e estes estão prejudicados sendo pois o comercio não é o grande alvo de contaminação, eles seguem todas as normas de segurança imposta e que ainda se comprometem a serem ainda mais rigorosos.


Economicamente o comércio não conseguiria mais suportar se continuar de portas fachadas. a prefeita ainda se compromete com a saúde, a organização  e até mesmo a cobrança maior de ações de proteção e segurança com relação a covid-19.
Fernanda Sardanha ressaltou que a situação continua difícil, a Regional de União da Vitoria continua com 150% dos leitos ocupados, e São Mateus do Sul não possui leitos.


 
Ela busca também algumas ações para ajudar os comerciantes como prorrogação do pagamento do IPTU para julho, parcelamento e prorrogação do alvará para outubro.
Ainda disse que continuam na busca para a compra da vacina para que possamos voltar a normalidade com paz e com saúde ( Fernanda Sardanha).
 A mesma afirmou que respeita  e se solidariza com grito de socorro de todo o comercio e o que tiver dentro do seu alcance, com todas as medidas de segurança  e proteção a saúde eles estarão intermediando  a demanda do comercio local.


 
Cruzes foram colocadas simbolizando cada vítima do covid-19. Estampando o luto de famílias, o luto de toda uma sociedade que mesmo sem vínculo familiar com as vítimas sofre.
O luto pela educação que não consegue acolher e passar conhecimento a suas crianças.
Luto pelo poder público que sem máscaras escancara sua incapacidade administrativa para frear essa pandemia.
Luto pela falta de empatia e pensamentos coletivo da sociedade são-mateuense.