Jovem são-mateuense é destaque no Futsal feminino Catarinense

Jovem são-mateuense é destaque no Futsal feminino Catarinense

Outubro 27, 2021 0 Por ClicSulNews

Nesta semana o site Lance Seara contou um pouco sobre a história de uma jovem atleta chamada Tamy Rafaelly da Silva, de apenas 18 anos.
Nascida em São Mateus do Sul-Paraná, a jovem comenta que começou a jogar futebol na rua com seus amigos, depois de um tempo, acabou entrando pra uma escolinha, mas que levava na brincadeira. Até que sua professora conseguiu um teste para ela em Chapecó, em 2018. Tamy passou no teste e permaneceu lá durante todo o ano.


— No começo foi bem difícil acostumar com a distância de casa, ficar longe da família e tudo mais, mas com o tempo eu coloquei na cabeça que era o meu sonho e que eu ia conseguir superar isso e continuar fazendo o que eu amo. Nesse mesmo ano fiz amizades com pessoas de Seara — comenta.
No ano seguinte, Tamy voltou a morar em sua cidade natal, até que uma amiga perguntou se ela poderia jogar os joguinhos representando Seara, e ela aceitou, bateu com a data de outro campeonato que ela já estava jogando, mas a jovem conseguiu conciliar o tempo. Jogou em dois, três jogos, mas infelizmente, não se classificaram.


— Com o time de Seara, eu me senti em casa, até hoje falo que essa cidade é a minha casa, onde fica meu time de coração, cada um deles me recebeu de braços abertos, não queria sair de lá nunca mais, era diferente de todos os times que eu já tinha passado. Voltei para casa falando pra minha amiga que eu queria estar lá, queria jogar lá, e que não via a hora de voltar — fala.
Depois de um tempo, seu professor, Maik Daniel, perguntou se ela não aceitaria morar em Seara e jogar lá, como era algo que a mesma queria, ela aceitou. Sua mãe demorou um pouco para deixar, mas no final, acabou aceitando também.
Tamy comenta que o ano de 2020 iniciou muito bem, o time estava com os treinos a mil, até que começou a pandemia, quando tiveram que parar tudo. A jovem acabou voltando para casa até os treinos retornarem. No retorno dos treinos ela acabou tendo lesões, e as coisas não se acertavam tanto quanto antes, mas que continuaram firmes e fortes, conquistando o vice da liga catarinense. Quando acabou o campeonato, voltou sua cidade e ficou por lá.
— Criei amizades muito fortes em Seara, que acabaram se tronando uma família pra mim, é um time que eu tenho muito orgulho, desde as mais novas até o adulto, são meninas muito fortes e guerreiras, representar essa camisa me alegra, fico muito feliz a cada oportunidade de representa-la novamente. Assim como me receberam de braços abertos, eu também irei sempre recebê-los — ressalta
 
Neste último final de semana (22/10 e 23/10), o time do Seara Futsal Feminino disputou uma vaga na fase estadual do Joguinhos abertos, mas infelizmente, não conseguiram se classificar, mas conquistaram o terceiro lugar
A jovem comenta que era um título que todo o time de Seara queria, esperaram muito por essa competição, mas que não saíram com o resultado esperado, mas que mesmo assim foi incrível ter participado com o time de Seara.
A atleta deixa um agradecimento especial para todas as suas colegas de time e comissão, que sempre estiveram ajudando de todas as formas possíveis, dentro e fora de quadra, fazendo o melhor por ela e todo o time
 
— Nós atletas temos muitas dificuldades dentro do esporte, não somente no futebol, mas no geral. Muitas dessas dificuldades desanimam, fazem com que pensemos em desistir. Este ano eu vou terminar em casa, descansando e estudando, e talvez ano que vem, eu pense novamente em continuar jogando, nada certo ainda, mas acredito muito que as coisas acontecem por um motivo e que Deus sabe de tudo — finaliza
Matéria Publicada no site Lance Seara